Tipos de testes de software: características e exemplos

Estes tipos de testes vão garantir a confiabilidade, estabilidade e disponibilidade do sistema, em diferentes situações de alta demanda. O serviço de Teste de Segurança Contínuos da Claranet identifica, classifica e informa, fornecendo diretrizes e informações sobre os riscos reais. Os nossos engenheiros de segurança são especialistas em análise de vulnerabilidades, provendo informações e alertas detalhados, permitindo manter um controle total sobre as alterações em seu ambiente e infraestrutura. Realizada com técnicas de engenharia social e informações previamente coletadas da empresa, a análise do red team envolve um ataque específico para testar a capacidade de resposta e detecção da equipe.

testes de segurança

Como falamos no artigo anterior, testes são processos que devem ser desenvolvidos em todo o fluxo de desenvolvimento. Para isso, precisamos entender a importância e a eficiência de cada um deles dentro do nosso processo. Na primeira parte de nosso artigo, falamos sobre os conceitos básicos de https://curiosando.com.br/analista-de-teste-de-software-como-escolher-melhor-curso-alavancar-carreira/. Nesta segunda parte, vamos tratar mais diretamente sobre cada um dos testes que entendemos necessários dentro de um pipeline de desenvolvimento. Este artigo apresenta alguns
dos tipos de teste da técnica de Teste Estrutural que visam melhorar o
desempenho da aplicação através da detecção de possíveis gargalhos sob
diferentes cenários e circunstâncias. Os testes de desempenho são responsáveis por verificar os diferentes comportamentos do sistema quando está sob uma carga significativa.

Ferramentas recomendadas para rodar os Testes de Estresse

É comum encontrarmos em várias empresas diversas ferramentas, cada uma com suas características e com suas especialidades. O treinamento efetivo completará e reforçará as políticas de segurança, as práticas do SDL, os padrões usados, e os requisitos de segurança de software, e será suportado por dados e ou capacidade técnicas disponíveis. Não concordamos com isso, e temos forte entendimento que esse não é o pensamento correto a ser adotado hoje.

  • No entanto, corrigir uma vulnerabilidade em uma aplicação já operacional tem consequências ainda maiores, uma vez que serão necessários novos esforços de desenvolvimento.
  • Isso facilita porque já estão internamente integrados com a plataforma, entregando as informações diretamente para nossos usuários.
  • As empresas especializadas em automação de testes têm uma vasta experiência em diversas áreas, como desenvolvimento de software, testes de software e automação de testes.
  • Mas este tipo de validação pelo SAST é a ideal para usar em momentos mais prematuros do código, como, por exemplo, quando colocamos no IDE do desenvolvedor.
  • Cada um possui objetivos diferentes, então, é possível executá-los de forma periódica na empresa, de acordo com a necessidade.

Testar sua rede pode destacar as ameaças que sua rede pode enfrentar e mostrar as etapas necessárias para aumentar sua proteção. Com os cibercriminosos sempre criando novas maneiras de atacar pequenas empresas, a segurança cibernética é um setor em rápida transformação. Isso significa que escaneamentos de ativos e verificações de computadores/dispositivos que usam ferramentas de segurança de rede servem também como um teste para o próprio software de proteção. Um pentester encontra tantos pontos fracos quanto possível no tempo disponível para ajudar os defensores a ver os problemas. Um red teamer apenas encontrará e explorará qualquer vulnerabilidade necessária para atingir um objetivo.

Diferenças entre Teste de Carga e Teste de Estresse

Deve ser definida de
acordo com a necessidade individual de cada projeto, e é através dela que são determinadas
as prioridades dos testes que serão realizados. O teste de desempenho pode observar os tempos de resposta ao executar diferentes solicitações simultâneas ou verificar como o sistema se comporta com uma quantidade significativa de dados. Portanto, esses procedimentos seguem o objetivo de antecipar e corrigir falhas e bugs que apareceram para o usuário. Embora essa etapa pareça simples, seu uso é fundamental para evitar o que chamamos de “apagar incêndios”. Com a grande demanda de desenvolvimento de softwares, as empresas e desenvolvedores se desdobram para não perder o time to market e entregar sistemas que atendam no prazo correto sem perder a qualidade. Os especialistas da Claranet ajudam a encontrar e corrigir os pontos fracos da sua infraestrutura de tecnologia por meio da realização de ataques simulados.

testes de segurança

Para que isso aconteça, é preciso entender a importância de utilizar os diversos tipos de testes de software durante as etapas de desenvolvimento para garantir o seu bom desempenho. Nele, são simulados diferentes tipos ataques cibernéticos contra o sistema do cliente. Com isso, o objetivo é verificar se há vulnerabilidades exploráveis e falhas de segurança e que exigem melhorias. O último dos testes de segurança da nossa lista é a varredura de vulnerabilidades.

Facilitando o processo

Ela tornou a Modelagem de Ameaças um processo mais estruturado e que poderia facilitar o desenvolvimento da segurança das aplicações. O que entendemos e o que sugerimos é que processos de testes devem ser bastante balanceados entre o uso de ferramentas e as validações feitas por analistas experientes, e esse balanceamento deve acontecer. Como base, precisamos entender primeiro nosso processo, e recomendamos que você desenhe o seu, pois de forma visual pode ficar mais fácil o entendimento de todo o fluxo. Não é incomum que pessoas tentem invadir a sua rede sem autorização com aplicativos que roubam a senha ou tentando descobrir a senha caso ela seja frágil. Esta ferramenta oferece uma análise extensa da performance de aplicativos web, além de resultados em formatos de gráfico.

Então, nada mais justo do que termos como base para nossos testes estes três pontos. É indiscutível que um dos melhores métodos para prevenir que suas aplicações sejam colocadas em produção com vulnerabilidades é que estas sejam testadas durante todo o ciclo de desenvolvimento do software (SDLC). Comentamos anteriormente que ainda é muito comum o pensamento curso de teste de software de que aplicações web devam ser testadas apenas quando estas já estão prontas e expostas à Internet, tendo o acesso de milhões de usuários. Dessa forma, é essencial atualizar regularmente seus sistemas operacionais, aplicativos de terceiros e drivers. O seu sistema operacional terá uma opção de verificar se há atualizações no menu de configurações.

Sobre tecnologia, precisamos ter a certeza que o processo está sendo eficiente em sua implementação. Temos que ter o pensamento que segurança é de responsabilidade de todos, desenvolvedores, engenheiros, arquitetos e até mesmo dos “donos” do produto, que muitas vezes não entendem sua importância no processo. Essa é outra questão que muitas vezes surge, e é uma dúvida legítima, mas, neste primeiro momento, vamos entender um conceito necessário. Em muitos casos, é fácil para os usuários aprovarem e instalarem essas correções ou programarem para que elas sejam instaladas automaticamente.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *